Tuesday, October 27, 2009

28 de Outubro - Dia Internacional da Animação (DIA)

No dia 28 de Outubro de 1892, o francês Émile Reynaud fez a primeira projeção pública de um espetáculo de imagens animadas no mundo. Este evento aconteceu três anos antes da afamada primeira projeção do Cinematógrafo dos Irmãos Lumière em dezembro de 1895.



O Teatro Óptico de Reynaud tinha quase todas as características que até hoje compõem um espetáculo cinematográfico ou multimídia moderno: ação dramática, personagens, narrativa, emoção, música, participação do público... tudo feito à mão, imagem por imagem, num laborioso e inspirado trabalho artístico que mesclava com maestria preparação e performance improvisada no palco. No entanto, o "cinema" dos Irmãos Lumière ganhou mais reconhecimento histórico, apesar de suas pobres cenas cotidianas que não mostravam nada além da imagem pouco nítida de um "trem chegando na estação" ou de "operários saindo da fábrica". Existem várias razões para a imagem fotográfica dos Lumière ter prevalecido sobre a fantasia nos livros de história do cinema. Uma delas foi a própria atitude desesperada de Reynaud, ao constatar que seu cinema desenhado jamais alcançaria o resultado comercial do Cinematógrafo, que esvaziava o seu espetáculo ao mostrar um filme novo por semana! Como cada filme seu demandava pelo menos seis meses de trabalho, Reynaud anteviu a própria falência, e numa crise de depressão jogou quase todo o seu trabalho e equipamento no Rio Sena, destruindo evidências de seu talento. Como tantos outros artistas da época, Reynaud morreu pobre e esquecido.

Apenas nos anos 1970, Julien Pappé, um cineasta franco-polonês dublê de restaurador e apaixonado pelos primórdios do cinema, encontra dois filmes remanescentes de Reynaud e decide restaurá-los através de uma traquitana que os converte para película 35mm. Ao fazê-lo, Pappé se encanta a tal ponto que, em 1993, escreveu em um artigo para o Festival de Annecy,: "Não foi Lumière quem inventou o Cinema!"



video

Autour d une cabine, de Emile Reynaud (1894)

Em 1996, na quarta edição do Anima Mundi, trouxemos ao Rio a magnífica exposição ANIMAGIA, do Museu-Castelo de Annecy. A mostra contava com uma reprodução em escala natural de um "animatronic" de Emile Reynaud e seu Teatro Óptico, que exibia para o público os filmes restaurados por Pappé. Desde que a obra de Reynaud pôde ser novamente mostrada ao público, ele vem sendo reconhecido como um verdadeiro pioneiro, não só da animação como de todas as formas de imagens animadas (incluindo aí o cinema fotográfico!).

Maquete do Teatro Óptico na exposição ANIMAGIA (1996)

É por isso que, em 2002, a ASIFA (Associação Internacional de Festivais de Animação) decidiu inaugurar um Dia Internacional da Animação na mesma data da primeira projeção do Teatro Óptico, 28 de outubro. Em 2004, a AFCA (Associação Francesa de Cinema de Animação) se juntou à ASIFA no empenho de tornar a data mundial. Na ocasião, o Anima Mundi foi procurado através da ASIFA e repassou o contato à recém constituída ABCA (Associação Brasileira de Cinema de Animação), sabendo que esta seria mais uma ótima oportunidade de promoção para a nossa categoria profissional no Brasil.

A ideia vingou e o DIA (Dia Internacional da Animação) cresceu! Em 2007 o Anima Mundi teve a honra de ser escolhido pela associação para receber neste dia o Troféu ABCA, prêmio que guardamos com muito carinho em nosso acervo.

Desde então, o DIA vem ganhando peso e repercussão em todo o mundo, inclusive aqui no Brasil onde é comemorado em vários eventos. Este ano, o DIA alcançou inclusive o reconhecimento e apoio de patrocinadores como a Petrobras. Consulte a programação completa no site:

É curioso que no Brasil o dia 28 de outubro já seja também o Dia do Servidor Público...
Na verdade, a função do animador tem algumas semelhanças com o servidor público: pode demandar igual dedicação, espírito público, lidar com muito papel e pode também encarar muuuito tédio em atividades repetitivas... ;-)

No DIA em que quisessem fazer uma homenagem conjunta a estas 2 categorias profissionais, eu creio que o melhor patrono seria o canadense Norman McLaren: lembrando que por quase 40 anos ele foi funcionário do governo canadense, no National Film Board, e ao mesmo um dos artistas de animação mais livres e inovadores que o mundo já conheceu. Só mesmo um gênio para realizar este paradoxo!!!
Marcos Magalhães

Thursday, October 22, 2009

Enquanto isso, no Rio de Janeiro...

O Curso Básico de Animação já está em andamento
na sede do Anima Mundi

Os alunos preparam seus storyboads e personagens
para a filmagem de uma cena em stop motion


O Curso Básico já está nas suas ultimas aulas, mas novos cursos de animação estão para começar em nossa sede em Botafogo! São os últimos dias para inscrição nos cursos Avançado (que começa no dia 4/11), Stop Motion (03/11) e Storyboard (5/12).

No curso Avançado, o aluno aprenderá a elaborar storyboards, fazer estudo de personagens e planejamento de cenas. A finalização tambem faz do programa de curso, que levará o aluno a produzir uma animação em papel ou massa de modelar totalmente finalizada, com trilha sonora.

O curso de Stop Motion ficará a cargo de Pedro Iuá, animador especializado na técnica, ganhador de vários prêmios com seu curta "Sushi-Man", mostrará nas aulas o processo de realização de um filme de bonecos de massinha, desde o seu planejamento, passando pela estrutura e construção de personagens, cenários e filmagem. Aulas teóricas e práticas desvendarão esta técnica de animação tão atraente e popular.

O Storyboard será ministrado por Tarso Pessurno. Tarso é ilustrador e desenhista de histórias em quadrinhos, com muita experiência em storyboards para desenhos animados, filmes de longa-metragem ao vivo e no mercado publicitário carioca. Ele é um dos principais storyboarders do chamado cinema da retomada.

Serão somente 20 alunos por turma! O pré-requisito exigido é que o aluno tenha, preferencialmente, a conclusão do Curso Básico de Animação ou demonstre experiência prévia. No caso do Storyboard, é preciso apenas que a pessoa interessada em participar do curso saiba desenhar.

No nosso site você encontra os programas completos dos cursos.

Wednesday, October 21, 2009

E o Anima Mundi chega a Alagoas!

Desde segunda feira a mostra "O Melhor do Anima Mundi Brasil" está no SESC de Arapiraca, principal cidade do agreste alagoano. Lá, além dos 35 curtas exibidos, o publico também está tendo acesso às oficinas de animação que podem acontecer simultaneamente à mostra. Aqui embaixo, você pode assistir a uma reportagem da Zóio TV, um website arapiraquense (conhecia o gentílico? :) ) que faz uma ótima cobertura dos acontecimentos artísticos e culturais da cidade:

video

O Anima Mundi fica em Arapiraca só até amanha. Os curtas estão sendo exibidos no auditório da Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL) e as oficinas estão no Ponto de Cultura Candeeiro Aceso. A entrada para as sessões é franca!

Sunday, October 18, 2009

SESC apresenta: O Melhor do Anima Mundi


Tem gente que não sabe, mas o Anima Mundi não acontece só em julho - alguns projetos do festival duram o ano todo. É o caso do Melhor do Anima Mundi Brasil, que está há mais de dois anos viajando por todo o Brasil nas unidades do SESC!

Desde 2007, apresentamos curtas de animação nacionais que fizeram sucesso no festival com variados temas e técnicas de animação. As sessões, direcionadas ao público infantil, adulto e geral, já foram assistidas por mais de 25 mil pessoas e já passou por mais de 10 estados do Brasil. A mostra continuará viajando pelas unidades do SESC até fevereiro do ano que vem e seu próximo 'pouso' será nas unidades do estado de Sergipe.

Mas a participação do Anima Mundi não para por aí: há ainda a nossa parceria com o projeto A Escola Vai ao Cinema, promovido pelo SESC Nacional, que atua diretamente na formação de alunos e professores, com mostras de filmes e oficinas de cinema. O Anima Mundi passou a participar deste projeto em 2006, com suas oficinas de animação adaptadas de atividades do Estúdio Aberto e da metodologia didática do projeto Anima Escola. As oficinas incluem, além de uma introdução teórica à linguagem da animação, a produção de filmes de animação realizados, editados e sonorizados em sala de aula, realizados tanto por jovens e adolescentes quanto por professores e educadores, em duas turmas por cidade.

De 2006 a 2008, foram atendidos 1278 alunos em mais de 48 cidades diferentes, realizando 104 vídeos de animação. No mês passado, as oficinas foram nas cidades de Ananindeua e Castanhal, no Pará. Entre os trabalhos produzidos por lá, sempre podemos perceber uma forte ligação com a floresta e uma nítida preocupação ambiental, além das lendas locais que sempre estão presentes! Em breve disponibilizaremos aqui um pouco do resultado dessas oficinas.