Saturday, July 11, 2009

Apenas $9,99

Um filme onde o sentido da vida custa menos de 10 dólares, mais despesas postais. Onde um velho solitário serve chá para seu anjo da guarda rabugento e desbocado, e um menino prefere libertar seu cofre de porquinho a economizar dinheiro comendo todo o seu jantar. Essas e outras histórias, baseadas nos contos do escritor israelita Etgar Keret, se encontram em $ 9,99, longa metragem de Tatia Rosenthal que foi eleito o melhor filme do Festival Monstra, de Portugal, em março desse ano.



A animação é riquíssima em detalhes, e foi realizada no melhor estilo stop-motion. Sua estrutura narrativa lembra filmes como Magnólia, de Paul Thomas Anderson ou Short Cuts, de Robert Altman. E pelo sucesso que tem conquistado onde é exibido, dá pra começar a perceber que animação não precisa ser infantil para fazer sucesso.

$9,99 passa hoje às 21h na Praça Animada e dia 17 às 20h no CCBB. E para quem está esperando em São Paulo, as sessões serão dia 23 no CCBB às 19h e dia 24 no Memorial Sala 1, às 22h.

4 comments:

Marcelus Gaio said...
This comment has been removed by the author.
Marcelus Gaio said...

$9,99 é impressionante sob todos os aspectos. Mas o que mais chama a atenção é o fato de que o filme não faz concessões. Não tem medo de chocar, de falar de tristeza ou de infelicidade, o que para a indústria de animação ocidental é um exemplo notável. Afinal não podemos nos esquecer que a indústria tem lutado para se libertar do senso comum que insiste em considerar o cinema de animação uma manifestação cultural unicamente infantil. Filmes como $9,99 e Princess – este exibido na edição de 2007 do festival – são importantíssimos, pois ajudam a mudar progressivamente a percepção do público frente ao meio.

tiagocoelho said...

$9,99 é bem esclarecedor, traz sem medo os dois lados da vida. Simples e perfeito.

karlla said...

$9,99 é um filme raro de se ver. Sem censura.

Veja alguns
www.portalorganica.com.br