Friday, July 11, 2008

Topor et Moi












“Topor et Moi” é
um curta-metragem de animação dirigido por Sylvia Kristel, a atriz de origem holandesa que se tornou a sensação do cinema erótico francês no filme “Emmanuelle” (1974). Kristel realizou a animação com suas próprias pinturas, relembrando a cena artística em Paris após o seu sucesso como "Emmanuelle" e narrando sua relação com Roland Topor, que lhe dava aulas de pintura.

Filho de poloneses, Roland Topor (1938 – 1997) nasceu em Paris, tornando-se pintor, desenhista, ator, comediante, escritor e dramaturgo. Em 1962, fundou o coletivo teatral Movimento Pânico ao lado do autor/dramaturgo espanhol, Fernando Arrabal, e o cineasta, roteirista de quadrinhos (O Incal) e tarólogo chileno, Alejandro Jodorowsky (quepoucos meses esteve no Brasil). Influenciado por Luís Buñuel e o Teatro da Crueldade de Antonin Artaud, o Movimento Pânico ficou conhecido por suas performances mítico-poético-caóticas em Paris.

Topor foi colaborador das revistas Bizarre, Hara-Kiri e Charlie-Hebdo, roteirista e diretor de arte do clássico longa-metragem de animação "O Planeta Selvagem" (La Planète Sauvage, 1973) e ator em “Nosferatu”, de Werner Herzog. Além disso, escreveu muitos livros, entre os quais “O Inquilino”, que foi adaptado para o cinema por Roman Polanski.


“Topor et Moi” está na sessão Panorama 7

CCBB Teatro II
Sábado 12/julho 17h
Sexta 16/julho 14h

Oi Futuro
Quarta
16/julho 16h

Odeon
Dom 20/julho 17h

1 comment:

Fábio said...

Animação de Sylvia Kristel? Taí algo curioso. Já anotei o Panorama 7 na agenda.

E bela idéia este blog.
Voltarei sempre...